Topo

Conteúdo publicado há
11 meses

Após ataques, governadora quer entender o que acontece com tubarões em PE

Raquel Lyra, em visita a adolescentes atacados por tubarões  - Reprodução
Raquel Lyra, em visita a adolescentes atacados por tubarões Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/03/2023 21h01Atualizada em 06/03/2023 21h09

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), disse que vai retomar pesquisas e o monitoramento das praias pernambucanas, a fim de evitar novos ataques de tubarão. Nos últimos dois dias, dois adolescentes foram atacados na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes (PE).

"A gente está retomando o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarão, estamos chamando as universidades, que tinham parado seus estudos e pesquisas desde 2015. A gente vai reestabelecer isso", afirmou a jornalistas após visitar os pacientes internados em hospital de Recife.

O que aconteceu:

  • Hoje, uma adolescente de 15 anos foi mordida no braço esquerdo. Ela foi socorrida de ambulância pelo Samu ao Hospital da Restauração e passou por cirurgia.
  • De acordo com a unidade de saúde, ela passou por um procedimento cirúrgico para reparar as lesões causadas pela amputação de parte do membro superior esquerdo. Ainda segundo o hospital, a adolescente está estável, consciente e orientada.
  • Ontem, um adolescente de 14 anos foi mordido, também na praia de Piedade, em trecho de banho proibido, a metros do local do novo incidente. Ele teve a perna amputada e se recupera na enfermaria do Hospital da Restauração.

Amanhã estarei reunida com os prefeitos da Região Metropolitana, onde trataremos desse tema, para que prefeituras, estado e universidades possam agir de maneira articulada e, com isso, prevenir os incidentes nas nossas praias."
Raquel Lyra, governadora de Pernambuco