Conteúdo publicado há 3 meses

Servidor da Funai é baleado em operação contra invasão de terra indígena

Um agente da Funai ficou ferido após uma emboscada em uma operação para expulsão de invasores de uma terra indígena no Pará.

O que aconteceu

O servidor da Funai foi baleado no tornozelo. Ele foi levado a um hospital de Marabá e não corre risco de morte.

Carros de membros da força-tarefa que agia na Terra Indígena Apyterewa foram alvos de tiros na noite de ontem. O grupo voltava da área indígena para uma base quando foi atingido.

Duas viaturas da Polícia Rodoviária Federal que davam cobertura aos membros da Funai também foram alvejadas.

Houve troca de tiros e o ataque cessou após revide dos policiais, informou a PRF em nota. Nenhum policial ficou ferido.

Ninguém foi preso pelo crime até o momento. A ação para expulsão de invasores da região é coordenada pela Presidência da República, informou a PRF.

O UOL buscou a Polícia Federal e a Presidência da República para obter mais informações e um balanço da operação e aguarda retorno.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes