Conteúdo publicado há 1 mês

Suspeito de extorquir R$ 110 mil de homem em app de relacionamento é preso

Raphael Martins de Oliveira Silva foi preso suspeito de extorquir dinheiro de vítimas que conheceu em um aplicativo de relacionamento. Os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram cumpridos em Santo André (SP) no sábado (20).

O que aconteceu

Raphael tinha como alvo homens ricos e, muitas vezes, casados, diz a polícia. Ele ameaçava expor conversas e fotos íntimas para familiares, amigos e colegas de trabalho das vítimas.

Um homem teria chegado a pagar R$ 110.565,00 para o suspeito. Segundo a investigação, Raphael ameaçou o rapaz por um ano e meio a partir de agosto de 2022. Também há registros de abril de 2023 indicando que o investigado teria chantageado e extorquido dinheiro de outras vítimas.

O jovem de 26 anos se apresentava como ator carioca. O investigado conhecia os alvos por meio de "aplicativos de acompanhantes/encontros voltados ao público LGBTQIAP+", segundo a Polícia Civil de Goiás.

O investigado foi encaminhado para a unidade prisional e está à disposição do Poder Judiciário. A prisão foi realizada pela Polícia Civil de Goiás, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, com apoio da Polícia Civil de São Paulo. O Tribunal de Justiça de São Paulo informou ao UOL que não costa nenhum processo contra Raphael no sistema do Tribunal.

O UOL não conseguiu localizar a defesa de Raphael, o espaço segue aberto para manifestação. A Polícia Civil de GO reforçou que a divulgação de sua imagem é precedida nos termos da Lei n°. 13.869/2019, Portaria n.° 547/2021, e tem o propósito de identificar novas vítimas.

Deixe seu comentário

Só para assinantes