PUBLICIDADE
Topo

Com 95,19% das urnas apuradas no Rio, Paes tem 37% e Crivella tem 21,86%

Candidaturas de Eduardo Paes e Marcelo Crivella ocupam as duas primeiras posições na apuração do Rio de Janeiro - UOL
Candidaturas de Eduardo Paes e Marcelo Crivella ocupam as duas primeiras posições na apuração do Rio de Janeiro Imagem: UOL

Do UOL, em São Paulo

15/11/2020 22h32Atualizada em 15/11/2020 22h50

Com 95,19% das urnas apuradas no Rio de Janeiro, as candidaturas de Eduardo Paes (DEM) e do atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), ocupam as duas primeiras posições na disputa pela Prefeitura carioca.

Até a parcial, Paes contabilizava 37% dos votos (926.696 votos). Crivella, por sua vez, somava 21,86% (547.407).

Atrás deles, vêm a delegada Martha Rocha, do PDT (11,32%); Benedita da Silva, do PT (11,30%); Luiz Lima, do PSL (6,85%); Renata Souza, do PSOL (3,23%); Paulo Messina, do MDB (2,92%); Bandeira de Mello, da Rede (2,48%); Fred Luz, do Novo (1,76%); Glória Heloiza, do PSC (0,52%); Clarissa Garotinho, do Pros (0,46%); Suêd Haidar, do PMB (0,14%); Cyro Garcia, do PSTU (0,12%); Henrique Simonard, do PCO (0,02%).

O percentual de votos nulos era de 12,69%, enquanto 6,54% dos eleitores votaram em branco.

Embora a apuração esteja em ritmo avançado, o Placar UOL Eleições, abastecido pelo sistema do TSE, continua apresentando 30,11% das urnas apuradas no Rio.

Isso porque, conforme explicou o presidente do tribunal nesta noite, ministro Luís Roberto Barroso, o sistema de totalização e divulgação dos resultados do TSE teve uma pane técnica, uma falha em um dos processadores, que atrasou todo o processo.

Apesar disso, Barroso reforçou que o atraso não compromete a lisura do processo eleitoral. Ele ainda negou qualquer relação entre a falha no processador e a tentativa de ataque cibernético ao sistema que ocorreu na manhã de hoje.