PUBLICIDADE
Topo

Rio recolhe mais de 90 toneladas de lixo após primeiro turno da eleição

Número foi inferior ao da eleição de 2016, quando 126,9 toneladas de lixo foram recolhidas - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio
Número foi inferior ao da eleição de 2016, quando 126,9 toneladas de lixo foram recolhidas Imagem: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

Do UOL, em São Paulo

16/11/2020 18h20

O Rio de Janeiro encerrou, na noite de ontem, uma operação especial de limpeza para o primeiro turno das eleições municipais de 2020. Segundo balanço da Prefeitura, até as 22h, foram removidas 90,1 toneladas de lixo das seções eleitorais do município.

O número é 28,3% menor do que o recolhido na eleição municipal de 2016. Quatro anos atrás, o material recolhido pela Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) chegou a 126,9 toneladas.

A limpeza de 2020 começou às 17h deste domingo, após o encerramento da votação. Ao todo, 1.940 garis e 277 veículos trabalharam na operação, que incluiu varrição, remoção de material eleitoral e lavagem.

Ao mesmo tempo, a Comlurb auxiliou o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) no transporte e na colocação de urnas eletrônicas em zonas eleitorais de toda a cidade. No total, 1.016 garis, além de 70 encarregados, iniciaram o serviço no sábado (14) e finalizaram no domingo, recolhendo as urnas após o fim da votação.