PUBLICIDADE
Topo

Como são as eleições nos EUA: quem concorre e quem são os delegados

Hill Street Studios/Getty Images
Imagem: Hill Street Studios/Getty Images

Lucas Borges Teixeira

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 04h00Atualizada em 06/11/2020 16h16

Na reta final das eleições presidenciais nos Estados Unidos, ainda é incerto se o republicano Donald Trump conseguirá ou não ser reeleito ou se o novo ocupante da Casa Branca será o ex-vice-presidente Joe Biden. Para o brasileiro, no entanto, as dúvidas sobre o sistema eleitoral norte-americano vão muito além de quem deverá ocupar o cargo nos próximos quatro anos.

Com votação indireta e diversas diferenças em relação ao Brasil, o sistema eleitoral dos Estados Unidos suscita uma série de questões por aqui: Como funcionam, quem concorre e quando acontece? Veja as respostas a seguir:

Como funcionam as eleições americanas

Como funcionam as eleições nos EUA?

As eleições nos Estados Unidos são indiretas. A população não vota diretamente para presidente ou governador, mas em pessoas, os delegados, que representarão estes votos.

Cada delegado apoia um candidato e cada estado tem um número de delegados. Com isso, na eleição presidencial, não vence quem tiver o maior número de votos, mas o que reunir o maior número destes representantes.

Apesar de haver centenas de partidos nos Estados Unidos (grande maioria locais e regionais), só dois têm chances reais de serem eleitos: os republicanos e os democratas.

Como funcionam as primárias nos EUA?

Os candidatos dos dois principais partidos também são escolhidos por meio do voto indireto. No primeiro semestre do ano eleitoral, são realizadas as prévias dos partidos para definir os delegados que irão à convenção partidária realizada no meio do ano. Este processo, chamado de primárias, é realizado em todos os estados e cada um tem sua regra.

Os delegados eleitos são comprometidos com um pré-candidato e devem representá-lo na convenção nacional. Dessa forma, no encontro, o pré-candidato que tiver mais delegados vira o representante do partido na eleição.

Como funcionam as eleições americanas para presidente?

As eleições são indiretas. A população não vota diretamente no presidente, mas em pessoas, os delegados, que representarão estes votos.

Cada delegado apoia um candidato e cada estado tem um número de delegados. Com isso, na eleição presidencial, não vence quem tiver o maior número de votos, mas o que reunir o maior número destes representantes.

Qual o sistema de votação nos Estados Unidos?

O sistema de votação é indireto, por meio de colégio eleitoral.

Quanto tempo dura o mandato do presidente dos EUA?

Quatro anos, com possibilidade de reeleição por mais quatro anos, como no Brasil.

Quando é a eleição para presidente nos Estados Unidos?

A eleição presidencial nos Estados Unidos começou antecipadamente devido à pandemia e as urnas foram fechadas em 3 de novembro, uma terça-feira. No entanto, o resultado pode demorar a sair devido ao envio de votos por correio, que podem atrasar a contagem em alguns estados.

Quando termina o mandato de Donald Trump?

O primeiro mandato de Donald Trump termina oficialmente no dia 19 de janeiro de 2021. Se ele for reeleito em novembro, o mandato é estendido até 19 de janeiro de 2025.

Quem são os candidatos à presidência dos Estados Unidos?

Os dois principais candidatos à presidência dos Estados Unidos são o atual presidente Donald Trump, que busca a reeleição pelo Partido Republicano, e o ex-vice-presidente Joe Biden, pelo Partido Democrata.

Além dos dois, também há candidatos de partidos nanicos, como o Partido Verde ou o Partido Libertário, que não têm chances reais. No início de julho, o rapper Kanye West anunciou que também pretende concorrer ao cargo, embora tenha perdido o prazo de inscrição em alguns estados.

Nos EUA, o voto é de papel?

Na maioria dos estados, sim. Diferentemente do Brasil, os entes têm autonomia para escolher sua forma de votação. Grande parte opta por voto impresso, presencial ou pelo correio, mas também há locais com urnas eletrônicas.

Nos Estados Unidos, o voto não é obrigatório.

O que é um colégio eleitoral?

Colégio eleitoral é o grupo formado pelos delegados que escolherá o presidente. Na prática, cada estado americano funciona como um colégio eleitoral. Na maioria deles, o número de delegados não é proporcional ao número de votos.

Com exceção do Nebraska e do Maine, onde os votos podem ser divididos, o candidato que vencer em um estado fica com todos os seus delegados, independente de ele ter conquistado 52% ou 90% dos votos. É o chamado "The winner takes all" ("O vencedor leva tudo").

Isso faz com que um candidato seja eleito mesmo sem ter a maioria absoluta dos votos, basta vencer no número de delegados em cada colégio eleitoral.

O que são os delegados nas eleições americanas?

Como a eleição é indireta, a votação para presidente é feita por um grupo de cidadãos, os delegados, que representa a população de cada estado. Ele é eleito diretamente e cada um está comprometido com um candidato.

Para vencer a eleição, o candidato deve reunir o maior número de delegados. Cada estado tem um número específico, calculado de acordo com a população.

Quem são os democratas nos EUA?

Fundado em 1828, o Partido Democrata é um dos dois maiores dos Estados Unidos. Hoje, está na oposição e tem maioria na Câmara dos Representantes, minoria no Senado e 23 governadores eleitos.

Quinze democratas já ocuparam a presidência. Os últimos foram Bill Clinton (1993-2001) e Barack Obama (2009-2017).

Quem são os republicanos nos EUA?

O Partido Republicano é um dos dois grandes grupos norte-americanos, fundado em 1854. É a sigla do atual presidente Donald Trump, com maioria no Senado, minoria na Câmara dos Representantes e 27 governos estaduais.

Até então, 19 republicanos já ocuparam a presidência norte-americana.

Qual a diferença entre democratas e republicanos nos EUA?

A principal diferença entre os dois partidos é que, atualmente, os republicanos estão mais ligados ao eleitorado conservador enquanto os democratas representam os grupos mais progressistas.

Tem prefeito nos Estados Unidos?

Sim. O sistema de administração municipal varia de acordo com a cidade, mas, na maioria dos casos, as cidades norte-americanas com mais de 25 mil habitantes têm um chefe do Executivo com função semelhante à dos prefeitos brasileiros. Em cidades menores, é comum haver conselhos municipais.

Internacional

Internacional