Topo

Homem ateia fogo ao próprio corpo perto de tribunal em onde atirador norueguês é julgado

Do UOL, em São Paulo

15/05/2012 10h53

Um homem ficou gravemente ferido após atear fogo em si mesmo em frente do tribunal de Oslo, na Noruega, onde acontece o julgamento contra o ultradireitista Anders Behring Breivik, autor dos atentados de 22 de julho. As informações são da polícia norueguesa.

"O homem cruzou a rua e ateou fogo em si próprio", declarou Kjell Jan Kvarme, chefe das operações no local dos atentados. "Os policiais arrancaram sua roupa e apagaram o fogo", disse.  

Os guardas de segurança que protegem o tribunal usaram água para apagar as chamas. O homem foi levado para o hospital de Ullevål.

Um vídeo divulgado pelo jornal norueguês "VG" mostra o momento em que o homem, ainda não identificado, aparece na rua do tribunal e segue caminhando em direção aos policiais.

A polícia desconhece por enquanto se a ação está relacionada com o julgamento do ultradireitista de 33 anos, cujo julgamento entrou na quinta semana, das dez semanas previstas para durar. 

"Por enquanto nada nos leva a pensar que (o ocorrido) esteja relacionado", considerou Kjell Jan Kvarme. 

Segundo uma testemunha do ocorrido, citada pelo canal TV2, o homem gritou em sueco "Atirem em mim! Atirem em mim!".

Breivik detonou um carro-bomba no dia 22 de julho de 2011 no complexo governamental de Oslo e causou a morte de oito pessoas, e depois se transferiu à ilha de Utoya, ao oeste da capital, onde perpetrou um massacre no acampamento da Juventude Trabalhista, no qual morreram outras 69. Nesta semana, o foco do julgamento é ouvir os sobreviventes da ilha de Utoya. (Com Efe e AFP)

Mais Internacional