PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Filha de líder da Irmandade Muçulmana morre em confronto no Egito

Do UOL, em São Paulo

14/08/2013 11h25

A filha de 17 anos de um dos principais líderes da Irmandade Muçulmana, partido do presidente destituído Mohammed Mursi, foi morta a tiros nesta quarta-feira (14) na violenta operação de dispersão dos manifestantes no Cairo, anunciou o grupo.

Mohammed al-Beltagui, pai de Asmaa al-Beltagui, é um dos principais chefes da influente confraria e um dos oito integrantes da Irmandade supostamente presos após os confrontos.

A jovem foi baleada no peito e nas costas durante o avanço da polícia na praça de Rabaa al-Adawiya ocupada pelos manifestantes islamitas, declarou um porta-voz da confraria.

Internacional