Homem-bomba é estrangeiro membro do EI, diz premiê turco

Do UOL, em São Paulo

  • Bulent Kilic/AFP

O premiê turco, Ahmet Davutoglu, informou que o homem-bomba que atacou uma área turística em Istambul nesta terça-feira (12) é um "estrangeiro membro do Estado Islâmico".

Ele informou ainda que, dos dez mortos, nove são cidadãos alemães. Não está claro se o décimo morto é o próprio terrorista. Ao menos 15 pessoas ficaram feridas.

Davutoglu afirmou que a Turquia está determinada a combater o grupo extremista até que deixe de ser uma ameaça ao mundo.

Antes, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, havia dito que um sírio de 28 anos havia realizado o ataque na região de Sultanahmet, próxima à Mesquita Azul e à Basílica de Santa Sofia, importante área turística da maior cidade da Turquia. 

A explosão aconteceu pouco depois das 10h no horário local (6h em Brasília) e pôde ser ouvida a mais de um quilômetro de distância.

A região tem alta concentração de monumentos históricos e é visitada diariamente por milhares de turistas. Várias ambulâncias e policiais foram enviados ao local. Imagens divulgadas por canais de TV mostram vários corpos no chão e o deslocamento de vítimas a hospitais.

Em entrevista à BandNews FM, o encarregado do Consulado Brasileiro na Turquia, José Wilson Moreira, disse que não há brasileiros entre as vítimas e que existe uma recomendação para que certas regiões da cidade sejam evitadas.

Caso algum brasileiro precise de ajuda na Turquia, o telefone de plantão do Consulado-Geral do Brasil em Istambul é (009) 0 554 834-5952. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos