Taiwan proíbe consumo e comércio de carnes de cachorro e gato

Do UOL, em São Paulo

  • Wally Santana/AP

    Turistas observam gato na cidade de Houtong, em Taiwan

    Turistas observam gato na cidade de Houtong, em Taiwan

A Câmara Legislativa de Taiwan proibiu, na terça-feira (11), o comércio e o consumo de carne de cachorro e gato em todo o país. Quem descumprir a nova lei, que ainda precisa ser assinada pela presidente do país, Tsai Ing-wen, precisará pagar uma multa que varia entre R$ 5 mil a R$ 200 mil, dependendo da gravidade da infração.

A lei, chamada de Ato de Proteção ao Animal, também estabelece penas de prisão a quem matar e torturar animais.

De acordo com o jornal local "The China Post", a deputada Wang Yu-min, que propôs a emenda, afirmou que Taiwan se tornou o primeiro país na Ásia a proibir o consumo de carne de cachorro e gatos, prática comum em algumas regiões do continente.

Segundo a deputada, a mudança na legislação é motivada por inúmeros casos recentes de abusos de cachorros e gatos, com os infratores normalmente escapando de qualquer punição.

A emenda ainda proíbe que os cidadãos do país passeiem com os animais enquanto dirigem veículos motorizados, como motos e scooters, segurando os animais pelas coleiras. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos