Autoridades desmentem queda de avião que trabalhava no combate a incêndio em Portugal

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

    20.jun.2017 - Avião Canadair semelhante ao que caiu sobrevoa área do incêndio

    20.jun.2017 - Avião Canadair semelhante ao que caiu sobrevoa área do incêndio

Autoridades desmentiram relatos anteriores de que um avião Canadair havia caído nesta terça-feira (20) no centro de Portugal quando ajudava no combate aos incêndios na região de Pedrógão Grande, que enfrenta desde sábado um gigante incêndio florestal.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil afirmou que todas as aeronaves de combate a incêndios continuam atuando normalmente. Antes, uma fonte não identificada da agência havia anunciado a queda.

Onze aviões de combate a incêndios, incluindo modelos Canadair, foram enviados desde domingo pela Espanha (seis), França (três) e Itália (dois). 

O incêndio já deixou 64 mortos. Hoje, o fogo se estendeu ao norte e chegou a Góis, obrigando a evacuação de mais de 20 povoados.

Além da ajuda de Espanha, Itália e França, nesta tarde o Marrocos também se juntou à operação de combate ao fogo. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos