Atirador do Texas se matou após bater carro durante perseguição, diz polícia

Do UOL, em São Paulo

O homem que matou ao menos 26 pessoas em uma igreja batista em uma pequena cidade do Texas neste domingo (5) se matou após bater o veículo que usava para fugir, disse o chefe de polícia do distrito de Wilson, Joe Tackitt, à CBS News em entrevista na manhã desta segunda-feira.

O agressor, identificado como Devin Patrick Kelley, 26, trocou tiros com dois moradores armados durante a perseguição de carro, afirmou Tickett. Ainda não havia informação oficial sobre a origem do tiro que o matou.

"Houve alguma troca de tiros, eu acredito, também na estrada, e então [o veículo do agressor] bateu", disse Tackitt. "Nesse momento nós acreditamos que ele tinha uma ferida de tiro auto-infligida, depois que ele bateu."

Reprodução/CBS News
Devin Patrick Kelley, suspeito de ser o atirador

Tackitt também informou que os sogros do atirador frequentavam a igreja esporadicamente, mas não estavam no local no domingo. A polícia disse ainda não ter esclarecido a motivação para o crime. O governador do Texas, Greg Abbott, afirmou que não considera ter sido um "ato de violência randômico".

Kelley vivia em New Braunfels, um subúrbio em San Antonio, a 56 km da cidade onde ocorreu o ataque. Ele serviu na Força Aérea dos EUA na base Holloman, no Novo México, de 2010 a 2014, quando foi dispensado. O motivo foi uma denúncia de agressão contra sua mulher, Danielle Lee Shields, e seus filhos.

No ataque deste domingo, Kelley usou uma AR-15. Pelo menos 20 ficaram feridas durante o ataque, afirmou o governador do Texas.

Reprodução/Twitter
A polícia isolou a área ao redor da Primeira Igreja Batista em Sutherland Springs, no Texas, onde um homem abriu fogo neste domingo (5)

O ataque

Testemunhas disseram que o atirador abriu fogo assim que saiu de seu carro estacionado próximo à igreja, por volta das 11h30 no horário local [15h30 no horário de Brasília]. Ele andou em direção à entrada da igreja e continuou com os disparos.

Quando saía da igreja, o atirador se atracou com um morador que tentou tomar-lhe o rifle. A arma caiu ao chão e o suspeito fugiu do local, afirmou a rede CNN.

A partir desse momento, começou uma breve perseguição a carro que incluiu moradores da cidade. A perseguição terminou no condado vizinho de Guadalupe, onde o suspeito bateu o carro que dirigia e em seguida teria se matado, segundo a polícia. Várias armas foram encontradas em seu carro.

No ataque, Kelly matou e feriu vítimas com idades entre 5 e 72 anos, entre elas a filha do pastor da igreja, Frank Pomeroy. Annabelle Renee Pomeroy tinha 14 anos de idade. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos