PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Suspeita de terrorismo na Black Friday mobiliza polícia em rua famosa de Londres

24.nov.2017 - Polícia de Londres atende a incidente na Oxford Street (3) - REUTERS/Peter Nicholls - REUTERS/Peter Nicholls
Imagem: REUTERS/Peter Nicholls

Do UOL, em São Paulo

24/11/2017 15h28Atualizada em 24/11/2017 16h36

A polícia britânica fechou nesta sexta-feira (24) as estações de metrô Oxford Circus e Bond Street, área de comércio no centro de Londres, após receber o relato de tiros. Houve minutos de tumulto na região de compras, enquanto carros de polícia e oficiais armados eram vistos nas ruas. 

As estações dão acesso a um dos pontos turísticos mais famosos de Londres, a Regent Street, conhecida por sua decoração de Natal. 

Após as buscas, a polícia informou que não encontrou sinais de tiros ou feridos, e as estações foram reabertas cerca de uma hora depois do incidente, que chegou a acender o alerta para terrorismo.

O incidente aconteceu na Black Friday, dia anual de compras pré-Natal que atrai compradores em busca de grandes descontos. A área foi imediatamente evacuada pela polícia, que pedia para que os pedestres buscassem abrigo em prédios da região. 

Durante a confusão, uma mulher teria ficado levemente ferida ao sair da estação Oxford Street, segundo a polícia de transporte.

Em vídeos publicados nas redes sociais, era possível ver dezenas de pessoas correndo em direção a lojas e prédios para procurar abrigo.

 

Internacional