Diversificada e inclusiva: Nova Zelândia mostra como recrutar policiais de um jeito divertido

Do UOL, em São Paulo

Como enfrentar a resistência dos jovens a ingressar na polícia? A Nova Zelândia usou a diversidade e muito bom humor para mostrar que a polícia pode ser inclusiva e próxima da comunidade.

Em um vídeo de quase três minutos, a polícia do país utiliza seus próprios agentes correndo pela cidade como se estivessem perseguindo criminosos, em meio a pausas para danças e interações bem-humoradas com as pessoas.

Os policiais que aparecem no vídeo representam os diversos grupos presentes na corporação. "A polícia quer atrair mais mulheres, maoris [], pessoas de ilhas do Pacífico e todos os tipos de etnia para melhor refletir as comunidades que servimos", disse Mike Bush, chefe da polícia neozelandesa.

O vídeo, que já recebeu mais de 120 mil visualizações no YouTube em dois dias, não é o primeiro sucesso da polícia neozelandesa nas redes: uma produção com seus policiais dando show com uma dança de hip hop teve mais de 1 milhão de views no YouTube.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos