Trump diz que falará com Kim em maio ou junho; desnuclearização deverá ser o tema

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters e KCNA

 O presidente americano Donald Trump afirmou nesta segunda-feira (9) que vai se encontrar com o Kim Jong-un "em maio ou no início de junho", em uma reunião que deverá ter como tema a desnuclearização da península coreana.

Trump falou rapidamente com os jornalistas antes de uma reunião com seu gabinete, revelando a período em que será realizada a inédita reunião entre os dois líderes que pode reduzir as tensões com a Coreia do Norte.

Uma fonte do governo norte-americano afirmou à agência Reuters que a Coreia do Norte confirmou diretamente que está disposta a debater a desnuclearização da península.

As conversas, em estágio preliminar, envolvem autoridades do Departamento de Estado dos EUA e autoridades da Coreia do Norte, possivelmente representantes de Pyongyang na ONU. Funcionários de inteligência dos dois lados trocaram informações usando um canal indireto separado, segundo a fonte.

Os EUA conversam com os norte-coreanos tendo como base as garantias dadas pela aliada Coreia do Sul quanto às intenções de Kim.

Enviados sul-coreanos visitaram Washington no mês passado para transmitir o convite de Kim. Trump, que trocou ameaças com Kim no ano passado, surpreendeu o mundo concordando rapidamente em se encontrar com o líder para tratar da crise provocada pelo desenvolvimento norte-coreano de armas nucleares capazes de atingir os EUA.

Mas Pyongyang ainda não se pronunciou publicamente sobre a reunião. Ainda não há informações sobre o local possível das conversas, que seriam as primeiras entre um presidente norte-americano e um líder norte-coreano no exercício do cargo.

A Casa Azul presidencial da Coreia do Sul saudou a comunicação entre a Coreia do Norte e Washington, e uma autoridade disse que o desdobramento foi "positivo".

"Estamos cientes de que o contato entre Coreia do Norte e Estados Unidos está indo bem", disse outro funcionário da Casa Azul que pediu anonimato. "Não sabemos, entretanto, até que ponto os dois estão trocando informações." (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos