Topo

Para-brisa de avião quebra em pleno voo, danifica aeronave e força pouso de emergência

Reprodução de vídeo/CCTV
Para-brisa de avião chinês caiu e causou despressurização Imagem: Reprodução de vídeo/CCTV

Do UOL, em São Paulo

15/05/2018 08h30

Um avião chinês precisou fazer um pouso de emergência, na manhã de segunda-feira (14), depois que o para-brisa da aeronave quebrou e caiu em pleno voo. Dois tripulantes do voo da Sichuan Airlines ficaram feridos no incidente.

O para-brisa quebrou quando o voo estava a 32 mil pés de altitude (9,75 km). No total, 119 passageiros e nove tripulantes estavam a bordo do voo 3U8633, que partiu de Chongqing com destino a Lhasa, no Tibete.

O sistema de controle de voo do avião, um Airbus A319, ficou danificado como consequência da descompressão súbita da aeronave. Algumas partes do sistema foram sugadas para fora do avião com o buraco aberto no para-brisa, o que forçou os pilotos a voarem de maneira manual até o pouso de emergência na cidade de Chengdu.

Um copiloto foi parcialmente sugado, sofreu arranhões e uma torção no pulso. Um comissário de bordo também se feriu no incidente, de acordo com a Administração da Aviação Civil da China.

A companhia aérea Sichuan Airlines afirmou, em uma rede social, que o avião passou por "falhas mecânicas", mas não entrou em detalhes. Os passageiros trocaram de avião em Chengdu, antes de seguir viagem para Lhasa.

A Sichuan Airlines, que coincidentemente tem sua sede em Chengdu, opera voos domésticos pela China e alguns internacionais para destinos como Japão, Canadá e República Tcheca.

Incidentes envolvendo problemas em janelas, como rachaduras, não são difíceis de acontecer, mas casos como o do voo da Sichuan Airlines, em que todo o para-brisa saiu são raros.

(Com agências internacionais)