PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cachorros são resgatados em escombros quase dois meses após furacão Dorian

Miracle foi encontrado com 50% do corpo quebrado, mas sobreviveu - Reprodução/Insagram
Miracle foi encontrado com 50% do corpo quebrado, mas sobreviveu Imagem: Reprodução/Insagram

Do UOL, em São Paulo

29/10/2019 13h41

O furacão Dorian atingiu as Bahamas no final de agosto. Naquele momento, era uma tempestade de intensidade 5, o nível mais alto na escala dos furacões. O desastre que se seguiu foi de grandes proporções e a conta chega até hoje.

Até agora, quase dois meses depois da passagem do furacão, equipes de resgate seguem nos locais. Tanto para buscar os desaparecidos quanto pelos cães que ficaram presos nos escombros.

O grupo de resgate é formado por voluntários, veterinários locais e equipes de resgate de animais que trabalham com drones infravermelhos de alta potência.

A equipe de trabalho se chama Big Dog Ranch Rescue e já resgatou mais de 151 cachorros desde a passagem do Dorian.

Em geral, os animais são encontrados desnutridos, sem massa muscular. Muitos possuem ossos quebrados e a chance de sobrevivência de alguns é baixa.

Para conseguir resgatar os cachorros, o Big Dog Ranch Rescue pede doações no site.

Internacional