PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: força-tarefa dos EUA ainda não sabe resultado de 50% dos testes

Homem usa máscara contra coronavírus na Times Square, em Nova York, em frente à bandeira dos Estados Unidos (EUA) - Gary Hershorn/Corbis via Getty Images
Homem usa máscara contra coronavírus na Times Square, em Nova York, em frente à bandeira dos Estados Unidos (EUA) Imagem: Gary Hershorn/Corbis via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/04/2020 20h52

A médica Deborah Birx, integrante da força-tarefa do governo dos Estados Unidos para frear os efeitos da pandemia do coronavírus, afirmou que 50% dos testes feitos no país ainda não tiveram os resultado divulgado.

Birx disse que parte da medida de estímulo econômico, que foi assinada em lei, exige que todos os testes realizados sejam relatados aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, mas disse que ainda não recebeu todos os dados.

"Bem, estou lhe dizendo, ainda estou sem 50% dos dados dos relatórios. Tenho 660 [mil] testes relatados. Fizemos 1,3 milhão, por isso precisamos ver, a lei dizia que você precisava informar", disse a médica durante coletiva na Casa Branca.

Birx também foi questionada sobre a possibilidade de que um em cada três testes tenha produzido falsos negativos. "Eu não vi esse tipo de anomalia".

Por fim, a especialista ainda acrescentou que "o número de testes positivos está acompanhando muito de perto um número de casos diagnosticados".

Os casos confirmados de coronavírus nos EUA passaram os 242 mil e mais de 5,6 mortos.

A força tarefa da Casa Branca para a pandemia estima que entre 100 e 240 mil pessoas possam morrer, mesmo se a ordem de quarentena obrigatória for respeitada.

Coronavírus