PUBLICIDADE
Topo

Trump compartilha vídeo com grito supremacista branco, mas depois apaga

Do UOL, em São Paulo

28/06/2020 13h26

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, republicou hoje em sua conta no Twitter um vídeo no qual manifestantes contrários e favoráveis a ele se envolvem em um confronto verbal. Durante a gravação, um homem exclama a expressão "white power" (em inglês, "poder branco"), associada a supremacistas brancos.

A filmagem aconteceu em The Villages, região no estado norte-americano da Flórida que concentra moradores aposentados. "Obrigado ao bom povo de The Villages. A esquerda radical não faz nada. Os democratas cairão no outono. O corrupto Joe (Biden, candidato democrata às eleições presidenciais dos EUA) está baleado", escreveu. A publicação foi posteriormente apagada.

O vídeo mostra moradores da região em questão em um protesto contra Trump, exibindo cartazes com dizeres como "Faça a América sã novamente" (em alusão ao lema da campanha presidencial de Trump em 2016, "faça a América grande novamente") e "Trump intolerante e racista".

Outro grupo, em carrinhos elétricos, passam diante com placas como "Trump 2020" e "América primeiro". Um homem é filmado repetindo a expressão "white power" e gesticulando.

Trump Twitter - Reprodução - Reprodução
Trump agradeceu apoio de manifestantes, mas depois apagou mensagem no Twitter
Imagem: Reprodução

Na rede social, Trump não se manifestou a respeito da publicação. Em sua conta, o presidente norte-americano dedicou boa parte das outras publicações do dia a ataques à imprensa e ao democrata Joe Biden.

O registro acontece em meio aos crescentes protestos antirracistas nos Estados Unidos e em outros países. Nas últimas semanas, cidadãos negros como George Floyd, em Mineápolis, e Rayshard Brooks, foram mortos por policias brancos, gerando uma onda de manifestações com o lema "Black Lives Matters" (em inglês, "vidas negras importam").

Internacional