PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Comitê terá cinco dias para identificar culpados por explosão em Beirute

Do UOL, em São Paulo

04/08/2020 19h13

Um comitê de investigação terá cinco dias para identificar os responsáveis pela explosão de hoje em Beirute, no Líbano. Por volta das 19h (horário de Brasília) de hoje, 78 mortes já tinham sido confirmadas e mais de 4 mil pessoas seguem feridas.

A iniciativa foi tomada após reunião do Conselho de Alta Defesa, que contou com o primeiro-ministro, Hassan Diab, e o presidente Michel Aoun. Segundo as autoridades, os familiares das vítimas receberão uma indenização.

O chefe de Segurança Geral do Líbano, Abbas Ibrahim, disse que 2.750 toneladas de nitrato de amônio estavam no porto de Beirute a caminho da África quando houve a explosão.

No Twitter, Aoun disse ser "inaceitável" a quantia de nitrato de amônio guardada no depósito desde 2014 sem medidas de segurança. Ele ainda prometeu "punições severas" aos responsáveis.

Aoun afirmou, em entrevista para Reuters, que deve ser declarado estado de emergência em Beirute pelas próximas duas semanas.

Forte explosão atinge Beirute, no Líbano, e deixa pessoas feridas

Internacional