PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Brasileira morre na Austrália após ataque a facadas; suspeito foi preso

Daiane Pelegrini, brasileira que morreu na Austrália após ser gravemente atacada com facadas - Reprodução/Facebook
Daiane Pelegrini, brasileira que morreu na Austrália após ser gravemente atacada com facadas Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

05/08/2020 12h49

A brasileira Daiane Pelegrini, 33, foi gravemente esfaqueada e morreu em decorrência dos ferimentos, na cidade de Sydney, de acordo com a ABC News.

Ela foi encontrada em um apartamento no subúrbio de Oatlands, na tarde de segunda-feira (3), e chegou a ser levada a um hospital, mas morreu pouco tempo depois.

Um homem de 25 anos foi preso no local e levado à delegacia. Ele conheceria a vítima e é o principal suspeito no ataque.

Pelegrini se mudou para a Austrália com o marido, Marcelo Antunes de Ataide, no final de 2016 e tem uma filha de 8 anos. O casal se separou há duas semanas, e a menina estava com o pai no momento da agressão.

Pelegrini era estudante de enfermagem na Western Sydney University e foi atacada ao entrar em casa com o atual namorado.

"Ela era uma mãe muito boa... Era a melhor mãe e faria qualquer coisa pela filha", disse Ataide em entrevista à ABC.

"Estamos arrasados, temos uma boa família no Brasil e minha filha não quer deixar a Austrália e seus amigos."

Ataide afirmou que a ex-mulher já tinha se queixado algumas vezes a respeito de um homem que continuamente aparecia à sua porta.

Internacional