PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Estado Islâmico faz 1ª declaração celebrando aniversário do 11/9: 'Crucial'

11 de setembro: a surpreendente tese que tenta explicar por que a CIA ignorou sinais dos ataques - Getty Images via BBC
11 de setembro: a surpreendente tese que tenta explicar por que a CIA ignorou sinais dos ataques Imagem: Getty Images via BBC

Do UOL, em São Paulo

11/09/2020 09h08

O Estado Islâmico publicou hoje um comunicado celebrando os ataques às Torres Gêmeas, em Nova York, há 19 anos. Essa é a primeira vez que o grupo se manifesta publicamente no aniversário dos ataques de 11 de setembro, que chamou de "momento crucial" na história do Islã.

A informação foi revelada pelo site Intelligence Group, que monitora e analisa o ações do grupo terrorista. Segundo eles, o Estado Islâmico teria usado seu jornal, Naba, também para lamentar o destino da Al Qaeda, a quem se referiu como "míope".

"Pela primeira vez o Estado Islâmico publicou uma declaração para o aniversário de 11 de setembro em seu jornal Naba, celebrando o dia como um 'momento crucial' na história islâmica contemporânea, enquanto lamenta o que a Al Qaeda se tornou: 'Míope em ver os EUA como seu único inimigo'", reportou o Intelligence Group, segundo o The Sun.

Apesar de chamar a Al Qaeda de "traidora da causa jihadista", o Estado Islâmico afirmou que se considera herdeiro da "missão do 11 de setembro".

O atentado às Torres Gêmeas matou 2.977 pessoas e deixaram outras 25 mil feridas.

Internacional