PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Pelo menos 3 professores morreram com covid-19 após volta às aulas nos EUA

A professora Demetria Bannister, de 28 anos - Leevy"s Funeral Home
A professora Demetria Bannister, de 28 anos Imagem: Leevy's Funeral Home

Do UOL, em São Paulo

11/09/2020 07h41

Pelo menos três professores morreram em decorrência do coronavírus nos Estados Unidos nas últimas semanas, quando escolas puderam ser reabertas em alguns estados, informou a emissora norte-americana CNN.

Demetria Bannister, de 28 anos, dava aulas para o ensino fundamental na cidade de Columbia, na Carolina do Sul, foi diagnosticada com o vírus na última sexta-feira (4) e morreu três dias depois.

O retorno à escola aconteceu no dia 31 de agosto, quando Demetria Bannister já apresentava sintomas. Ela estava em casa desde o dia 28 — antes disso, frequentou a escola com outros professores para preparar aulas para seus alunos da terceira série.

AshLee DeMarinis, uma professora do ensino médio de 34 anos na cidade de Potosi, no Missouri, morreu no domingo (6) após lutar contra complicações relacionadas à covid-19 por três semanas.

Thomas Slade, professor em Jackson County, no Mississippi, também morreu no último domingo (6).

Desde que os alunos retomaram as aulas presenciais, em meados de agosto, os Estados Unidos enfrentam alta de casos nas comunidades estudantis, especialmente nas universidades. Algumas foram obrigadas a voltar atrás e retomar as aulas remotas depois que um número alto de estudantes testou positivo.

Coronavírus