PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Polícia encontra pé em decomposição de mulher acusada de roubar R$ 108 mi

Melissa Caddick é foragida pela polícia australiana - Reprodução/Facebook
Melissa Caddick é foragida pela polícia australiana Imagem: Reprodução/Facebook

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/02/2021 17h01

O pé — sim, apenas o pé — de uma mulher acusada de desviar 13,1 milhões de libras (cerca de R$ 108 milhões) de fundos de investimento de mais de 60 pessoas foi encontrado pela polícia em uma ilha em New South Wales, na Austrália.

Melissa Caddick é considerada foragida pela justiça australiana após ser acusada de roubar a quantia milionária de seus clientes que investiam em fundos. De acordo com o The Guardian, advogados de vítimas dizem que o desvio pode ser ainda maior.

Mas o encontro de restos mortais de Caddick pode ajudar a polícia nas investigações. Em uma coletiva de imprensa organizada para anunciar o encontro do pé da mulher dentro de um tênis — que correspondia a um exame de DNA —, o comissário assistente da polícia de NSW disse que houve um "avanço significativo" para encontrar a acusada.

"No último domingo, 21 de fevereiro, um calçado foi encontrado na costa do parque nacional Bournda, ao sul de Tathra, por campistas. Dentro daquele sapato estavam os restos de um pé humano. Eles correspondiam à descrição e ao tamanho de um sapato que Melissa Caddick foi vista usando durante a execução do mandado de busca", afirmou Michael Willing.

O pé foi levado a um laboratório, no qual o material genético coincidiu com o das escovas de dentes de Caddick. "O DNA do pé foi combinado ontem à noite com uma amostra de DNA da escova de dentes de Melissa Caddick e de membros da família", explica Willing.

A empresária acusada de roubo desapareceu em novembro de 2020 horas após a Asic (polícia federal australiana) invadir sua residência luxuosa, no subúrbio de Dover Heighs, em Sidney. Na manhã do dia 12 de novembro, houve relatos de que a mulher teria sido vista pelo próprio filho.

As autoridades suspeitam que a mulher possa ter entrado no mar para fugir. "Exatamente como Melissa entrou na água ainda é um mistério e está sujeito a investigações em andamento. A polícia sempre manteve a mente aberta em relação às circunstâncias de seu desaparecimento, incluindo o fato de Melissa ter tirado a própria vida", encerrou o policial.

Internacional