PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Canguru foge de recinto com ajuda de papagaio que aprendeu abrir fechadura

Papagaio liberta canguru de seu recinto em Louisiana (EUA). - Reprodução/YouTube
Papagaio liberta canguru de seu recinto em Louisiana (EUA). Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/07/2022 11h37

Um canguru escapou de seu recinto e passou a quarta-feira (29) vagando pelas ruas de East Baton Rouge, na Louisiana (EUA). Os donos do marsupial alegam que a fuga foi facilitada por um papagaio de estimação.

De acordo com a emissora americana WBRZ2, o canguru, chamado Baxter, foi flagrado pelas câmeras de segurança vagando por diversos locais públicos. A polícia local disse que o animal foi capturado com segurança e voltou para sua casa na manhã de quinta-feira (30).

Os proprietários de Baxter administram uma organização sem fins lucrativos chamada Bird Recovery International, especializada em devolver pássaros selvagens exóticos ao seu habitat natural. Eles disseram que Baxter divide seu recinto com mais de uma dúzia de papagaios e um deles, chamado Thor, aprendeu recentemente a abrir as fechaduras.

Em um momento de distração entre os funcionários da organização, Thor, que há muito tempo demonstrava certa interação com Baxter, se dirigiu à jaula do colega e destravou a fechadura, libertando o canguru.

Os cangurus são considerados animais exóticos sob a lei do estado de Louisiana. Mantê-los como animais de estimação é considerado uma prática ilegal. Segundo a imprensa local, não ficou claro se os donos de Baxter, que anteriormente possuíam um zoológico, têm licença para criar o animal devido à sua organização sem fins lucrativos ser baseada em cuidados com espécies da vida selvagem.

"É proibido ter animais exóticos como animais de estimação, especialmente aqueles que não são nativos dos Estados Unidos. Animais nestas condições não são permitidos em East Baton Rouge", Daniel Piatkiewicz, diretor de Controle Animal e Centro de Resgate da cidade, disse.

Os proprietários têm uma semana para encontrar um novo lar para Baxter ou serão multados.

Internacional