Conteúdo publicado há 1 mês

Cozinheira brasileira morre após queda de 7 metros na Itália; polícia apura

A polícia italiana investiga a morte de uma cozinheira brasileira, de 35 anos, que caiu de uma altura de sete metros na comuna de Quadrelle, na província de Avellino.

O que aconteceu

Vítima foi identificada como Roberta Beckmann Hoffmann. A brasileira foi encontrada caída na rua ainda com vida na noite de sexta-feira (7). Ela morreu horas depois em um hospital da região, segundo o jornal italiano Corriere della Sera. Imagens divulgadas pelas autoridades mostram o local da queda (veja abaixo).

Vestígios de sangue foram encontrados. Roberta foi achada inconsciente por uma pessoa que passava pelo local. Ela estava no fim de uma escadaria e havia sangue em volta da brasileira. Outros elementos também foram encontrados e podem ajudar na apuração do caso.

Exame de necropsia é importante para esclarecer a causa da morte e ajudar com a investigação. Um exame externo inicial feito no corpo não apontou sinais de violência ou possível luta.

Imagens de câmeras de segurança do local também foram recolhidas pelos investigadores. O elemento pode ajudar a definir se a brasileira estava sozinha ou não no momento da queda. A investigação realizada pelos Carabineiros, uma das forças de segurança da Itália, com a Procuradoria da República do município, informou o jornal Il Mattino. Testemunhas também estão sendo ouvidas pelas autoridades.

Roberta morava na comuna italiana de Irpina e trabalhava em um restaurante da região. Nas redes sociais, ela escrevia que era natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Não há informações se o corpo da brasileira será trazido ao Brasil.

Deixe seu comentário

Só para assinantes