PUBLICIDADE
Topo

Incêndios matam 350 coalas na Austrália e espécie está em risco de extinção

11.jun.2015 - Filhote de coala é envolvido pela mãe no zoológico de Taronga, em Sydney, Austrália - Paul Fahy/Zoológico de Taronga/EFE
11.jun.2015 - Filhote de coala é envolvido pela mãe no zoológico de Taronga, em Sydney, Austrália Imagem: Paul Fahy/Zoológico de Taronga/EFE

Do UOL, em São Paulo

25/11/2019 10h56

Resumo da notícia

  • Os incêndios florestais na Austrália já mataram pelo menos 350 coalas, segundo o Port Macquarie Koala Hospital
  • O hospital começou uma campanha de arrecadação de dinheiro para ajudar os espécimes resgatados
  • Antes dos incêndios, estimava-se que a população total de coalas na Austrália girava entre 40.000 e 100.000 espécimes

Os incêndios florestais que se alastram pela Austrália já mataram pelo menos 350 coalas, segundo o porta-voz do Port Macquarie Koala Hospital, que citou um risco maior de extinção da espécie em entrevista à CNN.

"Aproximadamente 75% da área atingida por incêndios florestais faz parte do habitat natural dos coalas", comentou o porta-voz. "Esta tragédia devastou uma das populações mais geneticamente diversas de coalas do mundo".

O hospital começou no site GoFundMe uma campanha de arrecadação de dinheiro para ajudar os espécimes resgatados. A página já conseguiu mais de US$ 1,6 milhão em doações.

Antes dos incêndios, estimava-se que a população total de coalas na Austrália girava entre 40.000 e 100.000 espécimes. Este já era um número consideravelmente menor do que o de alguns anos atrás.

Além de tragédias naturais, coalas também foram dizimados por desmatamento, acidentes de carro e ataques de cachorros. Enquanto isso, só para o comércio de peles internacional, mais de 2,5 milhões de coalas foram mortos nos últimos anos.

Meio Ambiente