Exclusivo para assinantes UOL

Após novo caso de livreiro sequestrado, líder de Hong Kong exige explicações a Pequim

Florence De Changy

  • Bobby Yip/Reuters

    O chefe do Executivo Leung Chun-ying dá entrevista em Hong Kong

    O chefe do Executivo Leung Chun-ying dá entrevista em Hong Kong

Após o choque causado pelas revelações detalhadas de um dos cinco livreiros “desaparecidos” de Hong Kong, o chefe do Executivo, Leung Chun-ying, por fim escreveu para pedir explicações a Pequim. Isso porque as revelações de Lam Wing-kee confirmaram o pior cenário que todos suspeitavam: uma interferência policial chinesa na vida da antiga colônia britânica.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos