PUBLICIDADE
Topo

Política

Pezão é multado em R$ 200 por uso indevido de Whatsapp nas eleições

Julio Cesar Guimaraes/UOL
Imagem: Julio Cesar Guimaraes/UOL

Do UOL, no Rio

10/12/2014 16h11

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, reeleito em outubro, foi multado em R$ 200 pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) por enviar mensagens por meio do aplicativo Whatsapp sem autorização para eleitores durante a campanha. Pezão recorreu da decisão.

Para o Tribunal, o envio de mensagens sem a opção de descadastramento configura propaganda eleitoral irregular.

No vídeo enviado pelo aplicativo, Pezão exaltava os feitos do seu governo, apresentava propostas e divulgava sua página no Facebook.

"O envio de propaganda eleitoral por SMS e Whatsapp é indevida e viola a intimidade e a privacidade do indivíduo, pois os eleitores são obrigados a suportar, quase diariamente, mensagens que consideram indesejáveis", afirma o procurador Sidney Madruga, autor da representação.

A PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) recebeu 43 notificações de eleitores que se incomodaram com as mensagens.

Política