Topo

"Faça o dever de casa", diz doleiro a deputado em bate-boca na CPI

Bruna Borges

Do UOL, em Curitiba

2015-05-12T18:22:17

12/05/2015 18h22

O doleiro Carlos Habib Chater, preso pela Lava Jato, discutiu nesta terça-feira (12) com o deputado Delegado Waldir (PSDB-GO) durante depoimento da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras em audiência pública com os presos da operação em Curitiba. A confusão começou quando o deputado questionou se Chater enviava drogas para Indonésia.

O doleiro já respondeu a um processo por tráfico de drogas, mas foi absolvido, de acordo com seu advogado. Chater, que se recursou a responder a todas as perguntas dos deputados, passou a discutir de forma ríspida ao deputado se mostrando ofendido.

“Por favor, faça seu dever de casa, leia melhor. Eu vou ter que fazer desenho para o senhor entender que não sou traficante. O senhor está me tratando com falta de educação. O senhor nem sabe ler”, declarou o doleiro com o dedo em riste apontando para o parlamentar.

Delegado Waldir respondeu: “Abaixa esse dedo. Você é presidiário. Você foi preso pela polícia”.

O vice-presidente da CPI, deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA), interferiu: “Vossa Senhoria não pode fazer isso”.

A sessão seguiu, mas sem novas revelações para a investigação.

Chater é dono da Posto da Torre, que também tem uma casa de câmbio e originou o nome da operação Lava Jato. Ele é amigo do doleiro Alberto Youssef e responde a processos por crimes financeiros.
 

Mais Política