Mais da metade dos eleitores de Dilma desaprovam o governo, aponta Ibope

Leandro Prazeres

Do UOL, em Brasília

  • Ueslei Marcelino/Reuters

    52% dos entrevistados que afirmaram ter votado em Dilma no ano passado desaprovam o governo da petista

    52% dos entrevistados que afirmaram ter votado em Dilma no ano passado desaprovam o governo da petista

Mais da metade dos eleitores de Dilma Rousseff em 2014 desaprovam o governo da presidente segundo pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) divulgada nesta quarta-feira (30).

De acordo com a pesquisa, 52% dos entrevistados que afirmaram ter votado em Dilma no ano passado avaliam o governo da petista como "ruim" ou "péssimo". Na pesquisa anterior, divulgada em julho, esse número era de 53%.

A pesquisa CNI/Ibope foi realizada entre os dias 18 e 21 de setembro com 2.002 pessoas em 140 municípios e tem uma margem de erro de dois pontos percentuais.

Somados todos os entrevistados, a aprovação ao governo Dilma é de 10% em setembro, contra 9% em julho. O índice de reprovação ao governo, que em julho era de 68%, chegou a 69% em setembro.

Quando avaliados apenas os entrevistados que afirmaram ter votado em Dilma, o índice de aprovação ("ótimo" ou "bom") ao governo petista passou de 19%, em julho, para 17%, em setembro.

Para o gerente de pesquisas da CNI, Renato da Fonseca, o alto índice de eleitores da presidente Dilma que reprovam o seu governo é resultado de uma "frustração de expectativas".

"A ficha caiu. Só agora que as pessoas perceberam a crise e isso gera desapontamento e as pessoas acabam mudando de opinião", afirmou Fonseca.

Para o coordenador, os entrevistados estão descontentes com a diferença entre as promessas de Dilma durante a campanha e a realidade do ajuste fiscal e da crise econômica.

"Claramente a realidade é diferente das expectativas que foram criadas. A queda da popularidade que foi muito rápida nas últimas três pesquisas. Esse ano, a popularidade dela começou a cair a cair quando as pessoas perceberam que havia um problema na economia", afirmou.

Eleitores de Aécio

Quando avaliados os eleitores de Aécio Neves (PSDB-MG), que foi derrotado por Dilma no segundo turno das eleições presidenciais, a popularidade de petista é ainda pior.

Apenas 1% dos eleitores do tucano avaliavam o governo petista como "ótimo" ou "bom" entre julho e setembro. Já os que avaliam como "ruim" ou "péssimo" são 89% em setembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos