Imaginem se fosse Dilma indicando Cardozo para o STF, diz senadora do PT

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

A indicação do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, à vaga de ministro do STF deixada por Teori Zavascki não foi bem aceita pela oposição do governo Temer. A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou a indicação do presidente, anunciada nesta segunda-feira (06), referindo-se às ligações políticas de Moraes, que é filiado ao PSDB e ocupou cargos nas gestões tucanas do governo de São Paulo.

"Imaginem se fosse a Dilma indicando o José Eduardo Cardozo", afirmou a senadora, em referência ao ex-ministro da Justiça na gestão da petista e responsável pela defesa dela no processo de impeachment.

"Filiado ao PSDB, Moraes foi advogado de Eduardo Cunha e de uma cooperativa de transporte em São Paulo identificada como um dos braços do PCC. Foi ainda secretário estadual da Segurança Pública de São Paulo, no governo Alckmin, em uma gestão marcada por truculência e violência desmedida frente a protestos e atos", comentou a senadora em texto publicado em suas redes sociais.

  • 50430
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2017/02/06/voce-acha-que-magistrados-com-filiacao-partidaria-poderiam-ser-indicados-ao-stf.js

Fátima Bezerra cita ainda a reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo" que revelou a opinião de Moraes em sua tese de doutorado na USP (Universidade de São Paulo) de que os indicados para o Supremo não poderiam ter ocupado cargos no governo responsável pela indicação.

O presidente Michel Temer (PMDB) decidiu indicar o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para ocupar a vaga no STF que foi do ministro Teori Zavascki. A cadeira no Supremo ficou vaga após a morte de Teori num acidente aéreo em janeiro.

A indicação do Planalto foi confirmada na tarde desta segunda-feira (6). A indicação precisa agora ser confirmada pelo Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos