Topo

Hackers tiram do ar página pessoal de Temer

Reprodução
Mensagem deixada por hackers na página pessoal do presidente Michel Temer Imagem: Reprodução

Clayton Freitas

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/05/2017 10h03

O site pessoal do presidente Michel Temer (PMDB) foi tirado do ar na noite de sexta-feira (26) por uma célula do grupo Anonymous, a AnonOpsBrazil. No lugar, os hackers colocaram uma mensagem “ao povo brasileiro” e links que direcionam para denúncias contra o peemedebista.

A imagem que aparecia na página principal continha a frase “Exposed Michel Temer e Companhia”, que já foi retirada do site. Até por volta das 10h deste sábado a página permanecia fora do ar.

A mensagem informa que “nós não esquecemos Senhor presidente, seu nome foi citado quarenta e três vezes na Operação Lava Jato, nós não esquecemos toda sua articulação política para chegar à Presidência, nós estamos cientes de todas as barbáries escondida por trás de seu governo e partido, que não luta pelo direito do povo, e sim governa em causa própria”.

Recentemente, no dia 20 de maio, o coletivo invadiu o site da Friboi, do grupo JBS, roubou as senhas de acesso e vazou o banco de dados da empresa. A companhia é pivô de delações que deflagraram a mais grave crise política do governo Temer até agora.