Em vídeo divulgado pelo PT, Lula diz que não tem medo do que está por vir

Do UOL, em São Paulo

O Partido dos Trabalhadores divulgou neste sábado (7), logo após o discurso público do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um vídeo de pouco mais de 2 minutos com uma mensagem do líder petista.

Acompanhado de uma animação, Lula relembra sua trajetória política, desde a saída de Pernambuco até chegar à presidência da República, e diz que não tem medo do que está por vir. "Enquanto me restar pelo menos um minuto de vida, esse minuto vai ser para lutar pela dignidade do nosso povo. E defender a nossa honra", ele afirma na locução.

Intitulado #JamaisAprisionarãoNossosSonhos, o filme mostra trechos de discursos antigos, retratos de família do político e algumas imagens históricas, como a foto em que Lula aparece recebendo carinho de um garoto e que foi símbolo de sua campanha em 2002.

O vídeo seria divulgado depois que o ex-presidente estivesse preso, mas o partido adiantou a publicação.

A locução foi gravada enquanto Lula permanecia nas dependências do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. O político foi para o local na noite de quinta-feira (5), logo após ter a prisão decretada pelo juiz federal Sergio Moro.

Segundo reportagem do Estadão Conteúdo, pessoas que acompanharam a gravação do áudio disseram que os trabalhos foram interrompidos diversas vezes.

A cada frase a voz de Lula ficava embargada. Conforme as informações, em ao menos uma dessas vezes ele chorou. Pessoas que estavam na sala de gravação também foram aos prantos junto com o ex-presidente.

Veja a íntegra da mensagem:

"Meus amigos, minhas amigas,

Tenho pensado muito sobre o caminho que nossas vidas tomaram. O futuro, no fim das contas, não parece ser um lugar assim tão distante. Não que a nossa vida tenha sido fácil, longe disso.

Sentimos na pele o que passa um povo esquecido, mas sabemos que nenhum fardo é tão pesado que não se possa carregar. Quem sobrevive depois de passar por tanta dificuldade aprende, desde cedo, que a honra é o nosso bem mais valioso.

Ao longo do caminho, conheci muita gente que precisava apenas de uma oportunidade para andar com as próprias pernas e construir com dignidade a própria vida. Foi essa ideia de um Brasil mais justo que embalou nossos melhores e mais generosos sonhos. Um país sem fome, com escola, casa e emprego para todos.

Olho para trás e vejo que poderíamos ter feito mais. Sempre é possível fazer mais. Mas as oportunidades que criamos num país tão desigual e injusto parecem ainda maiores nos dias difíceis de hoje.

Eu já fui preso uma vez, minha vida foi toda revirada, minha família foi perseguida e perdi minha eterna companheira.

Eu não tenho medo do que está por vir. Enquanto me restar pelo menos um minuto de vida, esse minuto vai ser para lutar pela dignidade do nosso povo. E defender a nossa honra.

A honra do menino que cruzou o país para vencer a fome e se tornou engraxate. Do adolescente que se tornou um jovem operário. Do homem que se tornou pai e lutou com todas as forças para representar o povo brasileiro. Nas tardes de incerteza da minha juventude nunca imaginei ser possível. Mas foi. Me tornei o presidente do povo brasileiro.

Quem me condenou sem provas sabe que sou inocente e que governei com honestidade. Os que nos perseguem podem fazer o que quiserem, mas jamais poderão aprisionar os nossos sonhos.

Um grande beijo com muito carinho do companheiro Lula."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos