PUBLICIDADE
Topo

Política

Lula será ouvido como testemunha de defesa de Cabral em processo da Lava Jato

Júlio César Guimarães/UOL
Imagem: Júlio César Guimarães/UOL

Do UOL, no Rio

23/05/2018 14h17

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba após condenação no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), será ouvido como testemunha de Sérgio Cabral (MDB). O advogado do ex-governador fluminense, Rodrigo Roca, afirmou ao UOL que a sessão foi marcada para 5 de junho, às 10h.

A informação foi revelada nesta quarta-feira (23) pelo jornalista Lauro Jardim, de "O Globo", e confirmada pela reportagem. O petista havia sido arrolado pela defesa de Cabral na ação penal referente à Operação Unfair Play, que investiga compra de votos na escolha Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

O depoimento será feito por videoconferência, e a audiência conduzida pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal (RJ).

Cabral discute com juiz da Lava Jato durante interrogatório

UOL Notícias

A Justiça Federal do Rio informou que uma carta precatória já foi encaminhada à PF do Paraná com informações a respeito da decisão. Sob escolta, Lula deixará a carceragem da PF --onde está detido desde o começo de abril, quando foram esgotados os recursos no processo sobre o tríplex do Guarujá-- em direção à sede da Justiça Federal paranaense.

Os depoimentos por videoconferência são comuns nas ações penais da Lava Jato no Rio. O próprio Cabral já esteve nessa condição, em fevereiro deste ano, quando estava custodiado no Complexo Médico de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Na ocasião, ele se manteve em silêncio.

O ex-governador havia sido transferido para o presídio paranaense por decisão de Bretas, que acolheu pedido do Ministério Público Federal. Posteriormente, acabou regressando ao sistema prisional do RJ por força de uma liminar do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes.

Filhotes da Lava Jato: conheça as operações que miram Cabral

UOL Notícias

Política