PUBLICIDADE
Topo

Prefeito dá informação errada e sugere beber água pra matar coronavírus

Yala Sena

Colaboração para o UOL, em Teresina

23/03/2020 19h33Atualizada em 23/03/2020 21h13

O prefeito de Parnaíba (PI) tem dado informações incorretas à população sobre a prevenção e o combate ao coronavírus, contra o qual ainda não há cura confirmada nem vacina. Francisco de Assis de Moraes Souza, o Mão Santa (DEM), tem dito aos moradores para beberem água a cada meia hora para matar o vírus, o que não se comprova segundo os principais estudos sobre a doença covid-19.

Mão Santa, 77, é médico com especialidade em proctologia, foi governador do Piauí e Senador da República. Em um vídeo produzido pela própria prefeitura, ele defende a ingestão de água potável para evitar a doença.

"Quando você bebe água, os germes, no caso os micróbios e vírus, estão na garganta. A água empurrar ele e vai para o estômago, aí o ácido clorídrico mata ele (o vírus), esteriliza ele. É muito mais importante você beber", diz Mão Santa no vídeo.

Ao ser entrevistado, o prefeito voltou a dizer que beber água é uma prevenção contra o coronavírus, porém não apresentou nenhuma comprovação científica.

Mão Santa disse ainda que determinou a prisão de servidor da Agespisa (Companhia de Águas e Esgotos) do estado, caso venha efetuar o corte de água de morador em Parnaíba, cidade que tem cerca de 150 mil habitantes e é a porta de entrada para o único Delta das Américas.

Em entrevista ao UOL, o médico infectologista Kelsen Dantas Eulálio diz que não existe nenhuma comprovação científica de que a água combate o novo coronavírus, embora a hidratação seja importante para o organismo.

"A hidratação não é uma medida de prevenção contra o vírus. Beber água é fundamental para que nossos órgãos, sistemas, células funcionem adequadamente. Temos que ter ingestão de água significativa para que possamos manter o nosso corpo funcionando bem. Mas não há evidências de que hidratar simplesmente é prevenção", afirma o médico.

Ele ressalta que prevenção contra o coronavírus é lavar as mãos com água e sabão, usar álcool gel, evitar tocar olhos, boca, nariz com mãos não lavadas, evitar aglomeração e manter a higiene.

"Vírus boiola"

O prefeito Mão Santa foi destaque na imprensa nacional ao participar de manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Parnaíba no dia 15 de março e chamar o coronavírus de "vírus boiola". Na semana passada, ele esteve em audiência com Bolsonaro e ministros em Brasília. A audiência geram especulações de que Mão Santa estaria com suspeita de coronavírus - mais de 20 pessoas do entorno do presidente já foram diagnosticadas com covid-19 - , mas ele negou.

"Estou com saúde em perfeito estado e sem nenhum sintomas, mas vou fazer o teste para acabar com essas notícias falsas", disse Mão Santa.

Coronavírus