PUBLICIDADE
Topo

Mourão diz que reformas podem voltar à pauta após eleições municipais

General Hamilton Mourão, vice-presidente da República - Foto: Adnilton Farias/Flickr
General Hamilton Mourão, vice-presidente da República Imagem: Foto: Adnilton Farias/Flickr

Do UOL, em São Paulo

29/04/2020 12h04Atualizada em 29/04/2020 12h59

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, afirmou que o debate sobre reformas políticas e econômicas podem voltar à pauta do Congresso no segundo semestre, após a pandemia do coronavírus e as eleições municipais de outubro.

Em videoconferência promovida pelo banco Itaú, o vice-presidente disse que, com a retomada desse debate, o governo espera aprovar algumas reformas, como a administrativa e a tributária, no ano que vem.

"Eu vejo de forma objetiva que nesse segundo semestre, após a gente passar pelas eleições municipais, nós teremos condições de voltar colocar dentro do Congresso esses temas para que no ano de 2021 a gente consiga passar determinadas reformas que são extremamente abrangentes", declarou.

Mourão disse que sabe das dificuldades para aprovar grandes reformas, mas, ainda assim, mantém o otimismo. "Sabemos temos um Congresso multifacetado e que não é simples."

O vice-presidente também declarou que o cumprimento do teto de gastos está seriamente ameaçado pelo aumento de gastos obrigatórios e que somente a aprovação de reformas estruturais poderia ajustar esse quadro.

"O Paulo Guedes [ministro da Economia] sempre se refere que ele tem que quebrar o piso [dos gastos públicos] para não deixar o elevador subir demais", afirmou.

Política