PUBLICIDADE
Topo

Política

Chade: Estoque de armazém no Líbano poderia ser armamento de grande guerra

Do UOL, em São Paulo

08/08/2020 04h00

No podcast Baixo Clero #51, os jornalistas Carla Bigatto, Carolina Trevisan e Diogo Schelp recebem o colunista do UOL Jamil Chade para analisar o desfecho político da recente explosão no porto de Beirute, capital do Líbano.

Jamil Chade publicou uma reportagem que traz detalhes do material que explodiu no porto de Beirute. Segundo documentos obtidos pelo jornalista, o nitrato de amônio, composto que causou a explosão, foi apreendido depois de uma suspeita de que poderia chegar às forças de oposição na Síria, país que vive uma guerra de quase uma década.

"O que fica muito claro é que nós não estamos falando de adubo, não estamos falando de fogos de artifício ou e não estamos falando de um armazém normal de uma cidade ou de um porto. Estamos falando de um armazém que justamente estocava uma parte de armamento para uma das piores guerras do século XXI", disse. (ouça a partir do minuto 4:00)

Baixo Clero está disponível no Spotify, na Apple Podcasts, no Google Podcasts, no Castbox, no Deezer e em outros distribuidores. Você também pode ouvir o programa no YouTube. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Errata: o texto foi atualizado
A substância que causou a explosão em Beirute foi o nitrato de amônio, e não de nióbio, como informado inicialmente neste texto. A frase foi corrigida.

Política