PUBLICIDADE
Topo

Política

Ex-governador de Sergipe, João Alves Filho morre aos 79 anos

João Alves Filho teve covid-19 quando estava no hospital - Divulgação/DEM
João Alves Filho teve covid-19 quando estava no hospital Imagem: Divulgação/DEM

Colaboração para o UOL

25/11/2020 08h21Atualizada em 25/11/2020 11h33

João Alves Filho, ex-governador de Sergipe, morreu na noite de ontem aos 79 anos. O político, que sofreu uma parada cardíaca no dia 18 de novembro, teve seu quadro agravado após diagnóstico positivo para covid-19. A notícia da morte foi divulgada pela família.

Alves tinha um quadro avançado de Alzheimer e foi internado em estado grave no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, na semana passada.

Depois que foi identificada a infecção pelo novo coronavírus, a família disse que o quadro de saúde era "clinicamente irreversível". Ele estava com as funções renais paralisadas e sedado, respirando com ajuda de aparelhos.

O corpo de João será cremado no Cemitério Jardim Metropolitano, em Valparaíso de Goiás, a 40 minutos de Brasília. O ex-governador deixa a esposa e senadora Maria do Carmo Alves (DEM) e três filhos.

João Alves Filho assumiu a prefeitura de Aracaju em 1975, como prefeito biônico, de forma indireta, apoiando a ditadura militar. Foi ministro do Interior do Brasil, entre os anos de 1987 a 1990. Também governou o estado de Sergipe por três mandatos (1983 a 1986, 1991 a 1994 e 2003 a 2006). Em 2012, foi eleito prefeito de Aracaju, exercendo a função até 2016.

O atual governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), decretou luto oficial de 3 dias.

Política