Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

Tio de Damares lidera igreja dona de avião flagrado com 290 kg de drogas

Do UOL, em São Paulo

29/05/2023 18h59Atualizada em 29/05/2023 20h02

O avião apreendido pela PF com 290 kg de maconha pertence à Igreja do Evangelho Quadrangular, que tem como responsável um tio da senadora Damares Alves (Republicanos-DF). O ex-deputado federal e pastor Josué Bengtson é também líder espiritual da igreja, mas não estava no voo.

O que aconteceu:

A assessoria da senadora confirmou o parentesco por meio de nota. No fim da década de 1990, Damares também trabalhou como auxiliar parlamentar no gabinete do tio.

Segundo o comunicado, a denúncia sobre as drogas no avião foi feita "pela própria igreja". Ainda de acordo com o texto, a parlamentar soube do caso pela imprensa, e entrou em contato com a família em seguida.

A senadora Damares Alves confirma que o ex-deputado federal Josué Bengtson é seu tio. Sobre a operação realizada pela Polícia Federal em Belém, neste final de semana, a senadora tomou conhecimento hoje pela manhã, através da imprensa. Damares Alves entrou em contato com a família e foi informada que a denúncia à Polícia Federal sobre uma carga suspeita carregada na aeronave foi realizada pelos responsáveis pelo avião, ou seja, pela própria Igreja. Em seguida, a Polícia Federal assumiu o caso e tomou as medidas cabíveis. Mais informações poderão ser obtidas com a própria PF.
Damares Alves, senadora

No sábado (27), pouco antes da decolagem, agentes realizaram a abordagem a um homem em um hangar de voos particulares do Aeroporto Internacional de Belém, no Pará. O homem tentou fugir, mas foi preso e autuado em flagrante por tráfico interestadual de drogas.

O piloto não foi preso, pois não foi verificada participação dele no crime, segundo a PF. A aeronave foi apreendida, assim como o celular do detido.

Veja a íntegra do posicionamento da igreja:

A Igreja do Evangelho Quadrangular recebeu com surpresa a notícia do envolvimento do monomotor Bonanza, de sua propriedade, com carga não autorizada. Ao tomar conhecimento, imediatamente, a Igreja do Evangelho Quadrangular do Estado do Pará acionou a Polícia Federal, que efetuou a prisão de uma pessoa e apreendeu a carga. É interesse da Igreja que tudo seja esclarecido e, portanto, reafirma o seu compromisso de colaborar com as investigações."
Igreja do Evangelho Quadrangular