PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
15 dias

Canadá reporta novo caso de coágulos sanguíneos após vacinação com AstraZeneca

Formações de coágulos de sangue como resultado da vacina da AstraZeneca "continuam sendo muito raras", disseram as autoridades - Miguel Riopa/AFP
Formações de coágulos de sangue como resultado da vacina da AstraZeneca "continuam sendo muito raras", disseram as autoridades Imagem: Miguel Riopa/AFP

Em Toronto

18/04/2021 09h09

O Canadá anunciou ontem que identificou um segundo caso em uma semana de coágulos sanguíneos, depois de uma inoculação com a vacina da AstraZeneca, embora continue recomendando seu uso.

O caso foi observado em uma pessoa residente na província de Alberta (oeste), que recebeu a versão do imunizante desenvolvida pelo Serum Institute na Índia, Covishield, relataram funcionários de saúde no Twitter.

"A pessoa recebeu tratamento e está se recuperando", acrescentaram.

Na terça-feira passada, foi anunciado um primeiro caso, o de um cidadão de Québec também imunizado com a mesma vacina.

As formações de coágulos de sangue como resultado da vacina da AstraZeneca "continuam sendo muito raras", e o Canadá continua considerando que "os benefícios das vacinas (...) superam os riscos potenciais", disseram as autoridades sanitárias.

No final de março, o Comitê Assessor Nacional de Imunização recomendou às províncias suspender o uso do imunizante da AstraZeneca em menores de 55 anos para avaliar os riscos.

O Canadá se encontra no meio de uma terceira onda de contágios.

Desde o início da pandemia, o país acumula mais de 1,1 milhão de infecções e cerca de 23.500 mortes.

Coronavírus