Curitiba registra a primeira morte provocada por dengue

Curitiba - Um homem de 65 anos foi o primeiro registro de morte provocado por dengue em Curitiba. O caso foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde que, no entanto, afirma que a doença teria sido contraída durante uma viagem que fez ao Paraguai.

José Flauzino Gomes estava internado desde o último dia 4 no Hospital São Vicente, em Curitiba. A doença evoluiu para a forma hemorrágica e o paciente entrou em óbito na madrugada desta terça-feira, dia 9.

No boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde de Curitiba no último dia 5, estavam registrados 106 casos de dengue na capital do Paraná - todos importados. De acordo com o mesmo boletim, Curitiba ainda não registrou casos autóctones neste ano. Mesmo assim, o número de registros dobrou de uma semana para outra.

No último dia 5, foi confirmado o primeiro caso de zika vírus na cidade. A paciente é uma mulher que teria contraído a doença durante uma viagem ao Rio de Janeiro. Em 2015, foram registrados outros dois casos de zika, também importados. Curitiba ainda não teve casos de febre chikungunya neste ano, mas registrou dois em 2015.

O secretário municipal de Saúde, César Titton, explicou que, a cada caso notificado, as equipes realizam bloqueios no entorno da residência da pessoa infectada.

Edson Fonseca, especial para a AE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos