Topo

Manifestantes protestam pela saúde em frente ao Sírio Libanês

Do UOL, em São Paulo

13/08/2013 20h41

Manifestantes protestam em frente ao hospital Sírio Libanês, nesta terça-feira (13) contra a privatização e falta de investimentos na área da saúde. A manifestação teve início às 17 horas, em frente à Prefeitura de São Paulo. O evento foi divulgado no Facebook pelo Fórum Popular de Saúde, organizado por servidores, usuários do SUS, estudantes e outros movimentos sociais.

Chamado de "Segunda Grande Via Sacra de Luta pela Saúde", a manifestação dá continuidade ao protesto realizado na última quinta-feira (8), que também terminou em frente ao Hospital Sírio-Libanês, onde o senador José Sarney (PMDB) está internado. Em nota, o hospital lamenta que, mais uma vez, as manifestações aconteceram dessa forma, prejudicando o bem-estar de pacientes que merecem respeito.

O movimento diz que exige "plano de carreira, concursos públicos para todas as profissões e o afastamento imediato do secretário de Saúde, Giovanni Guido Cerri". Os ativistas citam uma reportagem da revista da Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo (Adusp), que revela o vínculo do secretário com o setor privado, como o próprio Sírio-Libanês.

"Como é possível que milhões do nosso dinheiro público sejam utilizados no cuidado de Sarney e de uma limitada casta política, enquanto a maioria da população perece, sem recursos, nas filas do SUS? Como podemos chamar um hospital como esse de filantrópico?", diz o fórum em resposta à nota divulgada pelo hospital na semana passada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias