O que é esse líquido na minha calcinha? Calma, nem tudo é corrimento

Maria Júlia Marques

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

Durante o mês, diferentes líquidos aparecem na calcinha das mulheres. Calma, não é preciso desespero, muito menos nojinho. O muco que sai da vagina é natural e é indício das diferentes fases da ovulação.

Mulheres perdem de 5 ml a 10 ml de secreção por dia. O autoconhecimento faz com que você saiba detectar alterações e se preocupar só com o que for anormal"

Bruna Salani Mota, ginecologista do Hospital Sírio-Libanês

O muco é produzido pelas glândulas da parede vaginal e do colo do útero, e está diretamente ligado à ovulação e indiretamente ligado aos hormônios. As mudanças hormonais são responsáveis pela ovulação, e a ovulação estimula a produção do muco. 

O ciclo começa na menstruação, que já sabemos a cara: vermelho sangue.

"A menstruação é o início, depois dela vem a fase pré-ovulatória, com um fluxo transparente e mais aguado, sem cor e sem cheiro", diz Mota. Nesse momento, o líquido é pouco mais espesso do que a água mesmo.

Na fase seguinte, a "gosma" com jeito de clara de ovo aparece por volta do 14º dia ciclo, quando a ovulação começa e a calcinha fica mais úmida. 

iStock
Durante a ovulação o muco fica com aspecto de clara de ovo

"Ovular é intenso e aumenta a quantidade de secreção. Ela fica bem grudenta e sem cor ou cheiro", explica Bárbara Murayama, ginecologista do Hospital 9 de Julho.

Esse muco viscoso tem uma função importante: facilitar o caminho dos espermatozoides. Por ser mais fluido, ele é receptivo e ajuda no trânsito dos espermatozoides até o óvulo.

"A secreção clara de ovo ou gelatina é presente no período fértil e depois começa a ficar mais espessa, indo para tons amarelados ou esbranquiçados", conta Mota.

O muco fica mais denso para deixar de conduzir espermatozoides e criar uma barreira contra eles. Isso acontece cerca de dez dias após o início da ovulação, pouco antes da menstruação.

"É a fase pré-menstrual, o corpo está avisando que você não está mais ovulando e vai se preparar para menstruação", afirma Lucia Navarro, ginecologista do Hospital e Maternidade São Luiz. O muco se altera até ficar bem mais grosso e grudento do que no período de ovulação. 

Aí acabou, a menstruação chega e o ciclo se repete.

É importante lembrar que cada organismo funciona de uma maneira. Uma dica é anotar as fases do ciclo e o tipo de muco em um calendário, para ter um panorama de como seu corpo trabalha.

E na hora do sexo, a lubrificação muda também de acordo com o ciclo? Mais ou menos. No momento da ovulação, que o ambiente já está mais úmido, a lubrificação no sexo será maior, já que haverá tanto o muco vaginal normal como a secreção que é resultado da excitação. No entanto, o processo de excitação vai deixar a mulher molhada (ou criar muco) em qualquer momento do ciclo menstrual.

Quando é preocupante?

iStock
Você precisa se preocupar e ir ao médico se a secreção estiver com forte cheiro de peixe
Tem cheiro ruim? Procure um médico. Se está fora do padrão, tem cheiro de peixe, incomoda ou coça é corrimento ou infecção.

O odor é característico de doenças, é aquela situação que você está sentada de calça e consegue sentir o cheiro e acha que todo mundo sente também"

Bárbara Murayama, ginecologista do Hospital 9 de Julho.

Mas é necessário separar o mau cheiro do odor de suor. Em casos de doença, o cheiro é forte, diferente de apenas um cheiro ruim na calcinha depois de um dia de calor. 

Além disso, se o muco tiver uma variação extrema de cor é importante ir ao médico. "Se ficar esverdeado, muito branco ou marrom não é bom sinal. Na candidíase, por exemplo, a secreção parece leite talhado e vem acompanhada de coceira", explica Mota.

Fique de olho: quando o pH da vagina está mais ácido, mais perto da menstruação, o ambiente fica mais propício para os fungos se proliferarem. Quando está mais básico, logo depois da menstruação, a contaminação por bactérias é mais provável.

Fases da vida e pílula alteram o muco na calcinha

IStock
Tomar pílula anticoncepcional diminui a quantidade de muco vaginal
Além de mudar de mulher para mulher, o muco vaginal também se altera durante as fases da vida.

Na infância, antes da menstruação, não há estimulação hormonal intensa e a calcinha deve ficar sequinha. "Pode aparecer uma secreção discreta, nunca em grande quantidade, e ela está mais relacionada ao suor do que aos mucos", completa Murayama.

Durante a menopausa existe uma queda de hormônios, as secreções deixam de existir e a vagina fica seca.

"O que pode acontecer é um muco amarelado e espesso, como catarro, que é a descamação da vagina," diz Navarro.

Na gestação a secreção aumenta mesmo sem ovulação. As glândulas responsáveis pelo muco mudam, o pH da vagina muda e o corpo se prepara para o parto, então é comum aparecer um muco esbranquiçado.

quem usa algum tipo de hormônio, como a pílula anticoncepcional, tem menos muco por não ovular e ter níveis hormonais constantes. Além disso, a secreção nunca fica receptiva aos espermatozoides, deixa de variar e costuma ser sempre espessa e esbranquiçada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos