Hospitais cancelam cirurgias não emergenciais por falta de sangue

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

Hospitais de São Paulo e do Rio de Janeiro estão suspendendo cirurgias não emergenciais que necessitem de sangue. O motivo é a falta de estoques. A medida tem como objetivo garantir os atendimentos de emergência. 

Com bancos de sangue em nível crítico, as entidades responsáveis pela coleta pedem para que as pessoas doem sangue para viabilizar as cirurgias agendadas. 

Veja também:

No Hospital das Clínicas de São Paulo, foram suspensas nesta segunda-feira (28) as cirurgias não emergenciais já agendadas que necessitariam sangue.  

De acordo com o HC, caso o estoque de sangue na Fundação Pró-Sangue se normalize, as cirurgias podem ser retomadas já a partir da próxima terça-feira (29). Além do HC, a Pró-Sangue abastece mais 100 hospitais da rede pública de SP. 

No Rio de Janeiro, a Secretaria Estadual de Saúde suspendeu as cirurgias eletivas em sua rede de hospitais. Os estoques do Hemorio, o principal banco de hemoderivados do Estado, também se encontram em nível crítico. 

Para a Fundação Pró-Sangue, não é possível afirmar que a falta de sangue tenha relação direta com a paralisação dos caminhoneiros, embora considere que a dificuldade de deslocamento até os pontos de doação possa representar um empecilho. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio, apenas três pessoas compareceram para fazer uma doação no domingo (27). 

Onde doar

Em São Paulo, as doações de sangue podem ser feitas nos postos de coleta do Hospital das Clinicas, na zona oeste, e no Hospital do Mandaqui, na zona norte, das 8h às 17h. Mais informações podem ser obtidas no site www.prosangue.sp.gov.br ou no 0800-55-0300.

No Rio de Janeiro, as doações podem ser feitas no Hemorio, das 7h às 18h. O posto de coleta fica na rua Frei Caneca, n° 8, centro do Rio.

Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais.

Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes. Com agências de notíci

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos