PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: milhares de pessoas são orientadas a viver quarentena nos EUA

Diagnóstico do novo coronavírus inclui análise de laboratório, avaliação clínica e exame de imagem - BSIP
Diagnóstico do novo coronavírus inclui análise de laboratório, avaliação clínica e exame de imagem Imagem: BSIP

Do UOL

06/03/2020 14h42

Casos de coronavírus nos Estados Unidos já ultrapassam 220 pessoas infectadas em 19 dos 50 estados do país — por isso, governos estaduais pediram a milhares de moradores que se afastem da comunidade e fiquem em quarentena em suas casas, por conta própria, para evitar a propagação do vírus.

De acordo com a CNN, autoridades orientam a chamada "autoquarentena" para pessoas que possam ter sido expostas aos primeiros casos do vírus.

Só em Nova York, 2,5 mil pessoas estão cumprindo este regime; na Califórnia, quase 10 mil foram orientados a ficar em casa.

Enquanto as pessoas que estão autoisoladas são aquelas que contraíram o coronavírus, as pessoas que estão em autoquarentena não necessariamente contraíram a covid-19.

Elas têm que passar duas semanas em casa até que seja possível confirmar que não estão doentes. Neste período, não podem "trabalhar, estudar ou em qualquer outro lugar público onde possam ter contato com outras pessoas", de acordo com o departamento de saúde pública de Seattle & King County, no estado de Washington.

Por enquanto, segundo a CNN, os moradores que receberam a orientação de permanecer em quarentena não são obrigados a cumpri-la. As autoridades de alguns estados, no entanto, já emitem ordens formais, sujeitas a sanções legais se desobedecidas, para casos específicos.

Saúde