PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Técnicos em enfermagem são profissionais de saúde mais afetados por covid

Técnicos e auxiliares em enfermagem representam 34,43% dos profissionais de saúde que contraíram covid-19 no Brasil - Eduardo Anizelli/Folhapress
Técnicos e auxiliares em enfermagem representam 34,43% dos profissionais de saúde que contraíram covid-19 no Brasil Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

24/08/2020 19h28

De acordo com dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde, os técnicos e auxiliares em enfermagem representam 34,43% dos profissionais de saúde que contraíram covid-19 desde o início da pandemia.

Isso torna a categoria a mais afetada pela doença. Em seguida, estão os enfermeiros (14,6%) e médicos (10,75%). No total, 258.190 profissionais de saúde receberam o diagnóstico para o novo coronavírus.

Os técnicos e auxiliares em enfermagem também são maioria dentre os óbitos confirmados por covid-19: eles são 38,5% dos profissionais de saúde que morreram por covid-19 após serem diagnosticados com síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

O Ministério da Saúde não divulgou os dados dos profissionais de saúde que morreram por covid-19 após serem diagnosticados com síndrome gripal. A maioria dos trabalhadores da saúde infectados está nessa categoria: dos 258.190 contaminados pelo coronavírus, 257.156 (99,6%) tiveram síndrome gripal, e não SRAG.

A diferença entre as duas é que os sintomas da síndrome gripal são mais leves. A SRAG é caracterizada pelos "sinais de gravidade": falta de ar, desconforto respiratório ou oxigenação do sangue abaixo de 95%.

Coronavírus