PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
8 meses

Prefeitura do Rio quer vacinar 2,3 milhões de pessoas na primeira fase

A Anvisa ainda não aprovou nenhuma vacina contra a covid-19 -
A Anvisa ainda não aprovou nenhuma vacina contra a covid-19

Do UOL, em São Paulo

14/01/2021 20h11

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou que pretende imunizar 2,3 milhões de pessoas na primeira etapa do plano municipal de vacinação. Segundo a prefeitura, o plano municipal vai seguir o cronograma do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

O governo federal ainda não divulgou quando a vacinação vai começar e a Anvisa ainda não aprovou nenhum imunizante. A agência está analisando os pedidos de uso emergencial feitos pelo Instituto Butantan, para a CoronaVac, e pela Fiocruz, para a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca.

De acordo com o executivo municipal carioca, a campanha de vacinação na cidade contará com 10.500 profissionais e acontecerá em 450 pontos de imunização, entre eles clínicas da família, centros municipais de saúde, escolas e o sistema drive thru. A prefeitura também informou que a vacinação acontecerá com horários estendidos, para facilitar o acesso da população e evitar aglomerações.

Para receber a dose da vacina na cidade será necessário apresentar documento comprovando a inserção no público-alvo daquela determinada fase da campanha. Os idosos, por exemplo, devem mostrar um documento de identidade. Além disso, a prefeitura recomenda que quem apresentar sintomas de gripe ou for diagnosticado com covid-19 deverá esperar a recuperação total para se vacinar.

Saúde