PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Prefeito de Anápolis se emociona ao falar sobre excesso de mortes por covid

Roberto Naves impôs restrições em Anápolis - Divulgação/Prefeitura de Anápolis
Roberto Naves impôs restrições em Anápolis Imagem: Divulgação/Prefeitura de Anápolis

Colaboração para o UOL

05/03/2021 09h08

Roberto Naves (PP), prefeito de Anápolis, se emocionou ao falar sobre o excesso de mortes por covid-19 na cidade. Ele falava do relato de um médico, que tem comunicado os óbitos com frequência.

"Você vê um médico recém-formado virar para você e falar, chorando: 'Não dou conta mais de chamar família e avisar que um ente querido se foi. Eu já dei essa notícia para mais de 50 pessoas'", disse Naves, emocionado.

Anápolis tem 60 leitos de UTI ao todo, mas 50 estão ocupados. Na enfermaria, são 86 vagas disponibilizadas, mas 65 estão em uso. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis, 10 mortes por covid-19 foram registradas ontem. Ao todo, 24.516 moradores foram contaminados. E 516 pacientes morreram.

Anápolis vai começar a fechar atividades não essenciais, a partir das 19h de hoje até 6h do dia 15 de março. Só poderão funcionar supermercados, farmácias e serviços médicos de urgência e emergência.

A Secretaria de Saúde (SMS) informou que duas variantes do coronavírus, vindas da Inglaterra e de Manaus, foram detectadas na cidade.

Saúde