PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
15 dias

São Paulo tem semana mais mortal da pandemia, com 5.657 óbitos

Amanda Rossi

Do UOL, em São Paulo

11/04/2021 19h17

O estado de São Paulo teve a semana com mais mortes da pandemia entre 4 e 10 de abril, com 5.657 óbitos. É praticamente o triplo do número de vítimas da semana com mais mortes na primeira onda, em meados de julho, quando 1.945 pessoas perderam a vida devido à covid-19.

Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde, compilados pelo consórcio de imprensa de que o UOL faz parte. Hoje (11) foram registradas 510 mortes por covid-19 --o número é extremamente alto para um domingo, quando a quantidade de dados incluída no sistema costuma cair.

O número de mortes por covid-19 na última semana é 13% maior do que na anterior. Já faz seis semanas que a quantidade de vítimas da pandemia sobe sem parar em São Paulo.

O número de casos na semana de 4 a 10 de abril também foi o maior já registrado pelo estado. Mas a alta em relação à semana anterior é menor do que a verificada entre as mortes, 5%.

Isso é um indicativo de que a pandemia está, muito lentamente, tirando o pé do acelerador --embora ainda esteja acelerando. Os reflexos são sentidos primeiro no número de casos e, só depois, no de mortes --já que, em geral, a covid-19 não provoca morte imediata.

Na contramão do número de mortes e casos, a ocupação dos leitos exclusivos para pacientes com covid-19 vem caindo em São Paulo. Depois de passar de 90%, chegou a 86% neste domingo (11).

A partir de amanhã (12), todo o estado de São Paulo voltará para a fase vermelha de controle da pandemia. É uma fase menos restrita que a atual, embora as aglomerações sigam proibidas e os serviços presenciais tenham restrições.

Saúde